Acólitos e Coroinhas

Na Igreja, desde seu início sempre houve aqueles que servissem ao altar, homens que auxiliassem os ministros sagrados durante a celebração da divina liturgia. Os assim chamados acólitos, ou seja, aqueles que acompanham o diácono, ou na falta deste os sacerdotes nas suas funções sagradas, eram e são ainda hoje os responsáveis por esta função na Igreja.

Decorrente disto, a Igreja, boa Mãe e sábia Mestra, percebeu com o passar dos tempos como seria útil e bom que esta função fosse desenvolvida também por pessoas de idade mais tenra, no caso os ditos coroinhas, ou seja, pequenos rapazes, que auxiliam o sacerdote ou o diácono nos serviços do altar.

Nossa paróquia também desenvolve esta pastoral, contanto com crianças, adolescentes e jovens que auxiliam nas ditas funções. Sabendo que a liturgia é cume e fonte de toda a vida da Igreja, esta atividade pastoral busca ter como principal fim o amadurecimento da vida cristã destas crianças e adolescentes por meio da liturgia. Neste propósito percebe-se igualmente uma maturação na vida de oração, nas amizades, na vida familiar e nas responsabilidades condizentes com a idade de cada um.

As tarefas podem ir desde a correta preparação do altar, ao correto manuseamento do missal romano, todo o trabalho a realizar na credência, recepção das oferendas, e em celebrações mais solenes – o manuseamento do turíbulo, o transporte da Cruz, das velas e do Evangelho ou todas as demais tarefas que ‘aparecem ocasionalmente’ devido o tempo Litúrgico que se vive.

Coordenadores: Angelo Nogueira e Valdice Mariano Calor